sexta-feira, 3 de agosto de 2012

UM BRILHO QUE NÃO SEJA OFUSCADO

           "vê se há em mim algum caminho perverso,e guia-me pelo caminho                      eterno" (Salmos 139:24)
    Conta-se quando Leonardo da Vinci estava pintando a "Santa Ceia,"
     teve intensa e amarga discussão com um outro pintor.  
Ele ficou tão enfurecido  que decidiu reproduzir o rosto de  seu 
       inimigo na face de Judas. Desta forma o rosto do pintor odiado seria preservado por muito tempo na imagem do discípulo traidor.      
          Ao terminar de pintar Judas, todos  reconheceram, com facilidade,  o  pintor com quem Leonardo havia discutido.  
        Ele continuou  a trabalhar na pintura, mas apesar de inúmeras   
          tentativas, não conseguiu pintar o rosto de Cristo. Alguma coisa                  
       o estava impedindo  de continuar seu  trabalho. Leonardo                                concluiu que o seu ódio pelo pintor  inimigo era a causa  de seu problema.
  
Quando  estamos preocupados  em expor  nossos  inimigos  deixamos  de  mostrar  para as pessoas  o  que  verdadeiramente importa  que é a face  de Cristo  um  brilho que não   pode  ser  ofuscado.
Assim,  Leonardo da Vince,  resolveu  repintar o rosto de Judas removendo o do pintor adversário e  criando um novo rosto.   Só então ele pôde  pintar o rosto de  Jesus e terminar sua obra prima. (Esta história é  provavelmente uma lenda)   

     Muitas vezes permitimos que pequenos desentendimentos se  transforme  em  ódio  pelo  nosso  irmão  e  permitimos  que  se  instalem em nossos corações um  ódio  avassalador  pelo  nosso irmão e  com  certeza  serão, impedimentos para que sigamos em  frente em busca de novas conquistas espirituais.
 Com isso, perdemos a PAZ que é tão importante para uma vida saudável e abençoada criamos assim um muro de separação que nos impede de estar na presença de Deus. Se não caminharmos debaixo da graça maravilhosa do Senhor, dificilmente  alcançaremos a felicidade pela qual lutamos toda a vida.
    Quando o ódio se instala em nosso interior, somos incapazes  de contemplar a  beleza de tudo que nos rodeia,  os dias são  cinzentos e amargos, nosso  rosto se  mostra sempre  abatido e  a alegria de viver parece ter se perdido em  alguma  parte  de  nossa  caminhada. 

A melhor decisão a tomar nas horas de desentendimento,  seja  qual  for o motivo, é  apresentar tudo diante do Senhor  Jesus Cristo,  pedir a Ele que repreenda qualquer mágoa ou  ressentimento, e que nos encha de amor e perdão para que os  nossos dias continuem a ser ensolarados e a nossa felicidade  nunca seja abalada. 

 Que o brilho de Cristo, em nosso rosto, jamais seja  ofuscado  por qualquer gesto que entristeça  o nosso Deus. Porque quando  estamos  bebendo de seu calix nada vai afetar a nossa comunhão com Ele.


“PORQUE  NA  PRESENÇA  DO  SENHOR  HÁ  PLENITUDE DE ALEGRIA”. Como diz  Davi no Salmos 16:11
Pr. Paulo Barbosa
   http://ministerio-pararefletir.blogspot.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua marquinha aqui, quero retribuir a sua visita.
não esqueça Jesus te ama! e eu também!